agosto 31, 2005















A NOITE PASSADA...

...acordei com o teu beijo
descias o Douro e eu fui esperar-te ao Tejo
vinhas numa barca que não vi passar
corri pela margem até à beira do mar
até que te vi num castelo de areia
cantavas "sou gaivota e fui sereia"
ri-me de ti "então porque não voas?"
e então tu olhaste
depois sorriste
abriste a janela e voaste

A noite passada fui passear no mar
a viola irmã cuidou de me arrastar
chegado ao mar alto abriu-se em dois o mundo
olhei para baixo dormias lá no fundo
faltou-me o pé senti que me afundava
por entre as algas teu cabelo boiava
a lua cheia escureceu nas águas
e então falámos
e então dissemos
aqui vivemos muitos anos

A noite passada um paredão ruiu
pela fresta aberta o meu peito fugiu
estavas do outro lado a tricotar janelas
vias-me em segredo ao debruçar-te nelas
cheguei-me a ti disse baixinho "olá",
toquei-te no ombro e a marca ficou lá
o sol inteiro caiu entre os montes
e então olhaste
depois sorriste
disseste "ainda bem que voltaste"

(Sérgio Godinho in A Noite Passada)

10 Comments:

Blogger Inha said...

O que me vale é que tão cedo não arrumo!

31 agosto, 2005 14:14  
Blogger Patioba said...

Linda, esta música!.... Adoro! ;)

31 agosto, 2005 14:33  
Blogger Teoriazita said...

execelente post... mas eu sou suspeita pq ADORO as músicas de Sérgio Godinho!

31 agosto, 2005 14:37  
Blogger so said...

é pá... que coincidência! esta foi a banda sonora do meu acordar :)

31 agosto, 2005 14:59  
Blogger Pinto Ribeiro said...

mais ou menos mais ou menos INHA.
1. eu e os xiitas é uma coisa muito especial. e pessoal.
2. depois. aquilo é realmente brutal. barbárie pura.
3. e não podemos cair ou aceitar a banalização da barbárie. isso é o que "eles" querem.
4. aquilo aconteceu. e é uma tragédia.
5. amanhã ainda vou andar mais bilioso do que é habitual.
6. p.s.- essencialmente morreram mulheres e crianças...pode não parecer mas há coisas que também mechem, muito, comigo. daí ser tão...rezingão. pois. isto vai.

31 agosto, 2005 15:40  
Blogger mfc said...

Sérgio é um grande poeta.
Os eternos desencontros e reencontros da vida.

31 agosto, 2005 15:47  
Blogger Inha said...

Claro que entendo. Mexem contigo e com muitos de nós. Não se entende!
BJS

31 agosto, 2005 15:50  
Anonymous lima said...

adoro esta música!

31 agosto, 2005 18:19  
Blogger ivamarle said...

seguramente uma das mais belas e melodiosas canções dele.Adoro a canção e o Sérgio.Já agora BOM DIA INHA!

01 setembro, 2005 08:42  
Blogger Inha said...

BOM DIA IVAMARLE! :) :) :)

01 setembro, 2005 10:11  

Enviar um comentário

<< Home