agosto 21, 2007



ESTIO

A poesia corrompe os dedos que escrevem.
Caem dos braços, como frutos podres,
e infectam a terra branca do amanhecer.
Leio o verso interrompido pela doença.
Reconstituo o final do poema,
a evocação do corpo com febre;
e abraço a mulher pálida que o poema oculta.
«Amo-te», digo-lhe.
Ela despe-se na obscuridade da memória,
deixando atrás de si uma sombra de antigos lençóis.
A luz do meio-dia, ouço, apagou essa imagem;
e revela o vermelho dos lábios
de onde escorre o riso límpido do amor.

- Tarde em que as janelas batem;
e um vento interrompe a conversas dos amantes;
e o mar se despe de Agosto com as marés vivas
que o hábito ignora.

(Nuno Júdice)
(Foto: Igor Lisov)

10 Comments:

Blogger Rafeiro Perfumado said...

Metes uma foto com uma jove com uma nádega à mostra e esperas que se consiga apreciar a poesia, ou texto, ou lista de compras que escreveste? Anjinha...

22 agosto, 2007 12:32  
Blogger Inha said...

É para testar a vossa capacidade de concentração!:P

Leste ao menos?:P


:D)))

22 agosto, 2007 12:50  
Blogger fresquinha said...

Assim que abri, só li "Fastio" ...

:-)

22 agosto, 2007 14:01  
Blogger Inha said...

E quem te manda ler o que quer que seja enquantos estás a pintar as unhas?:P


(eu queria ver se fosse o Clooney... 8-))))))

22 agosto, 2007 16:23  
Blogger ivamarle said...

a leveza de um estio, pleno de intensidade...como é que é possível descrever tão bem as sensações...

22 agosto, 2007 23:05  
Blogger Inha said...

Sou fã do Nuno Júdice. Total.;)

23 agosto, 2007 16:47  
Blogger fresquinha said...

A vista já não é o que era dantes, Inha ... as unhas já nem pinto porque da última vez, estraguei as cortinas. Gargalhada !

Adoro Nuno Júdice. E foi aqui que o conheci. Obrigada !

24 agosto, 2007 13:25  
Blogger Inha said...

Estragaste as cortinas à São? Porra!

GARGALHADAS!

LOL

E não é para ti que servem também os blogues, para aprendermos uns com os outros? Também já tenho conhecido outras coisas contigo!;)

24 agosto, 2007 14:41  
Blogger SoNosCredita said...

ele é mto bom!
estou agora a descobri-lo... :)

28 agosto, 2007 11:19  
Blogger Inha said...

Força, SoNos! Vais ver que vale a pena. Se não conheces, sugiro-te também a poesia romântica de Maria do Rosário Pedreira. Imperdível.

Vê este post:

http://bloginha.blogspot.com/search?q=n%C3%A3o+tenhas+medo+do+amor

31 agosto, 2007 12:23  

Enviar um comentário

<< Home