agosto 29, 2006


















ALERTA

Juros de Contas Ordenado podem chegar a 21%

O saldo negativo nas designadas Contas Ordenado oferecidas pela banca pode custar 21% ao ano e as instituições não informam sobre estas taxas de juro na Internet, observa o Jornal de Negócios na edição de terça-feira.

A tentação de deixar as contas bancárias entrarem em saldo negativo «é grande, em particular, quando o aumento dos encargos mensais reduz de forma significativa o orçamento disponível dos agregados familiares».
Mas, explica o artigo, ceder à utilização do crédito nas contas à ordem tem um custo muito elevado, que pode chegar aos 21% ao ano, em termos nominais.

E nem as denominadas contas ordenado escapam às comissões cobradas pelos bancos, no caso de se começar a utilizar antecipadamente o ordenado do mês seguinte, uma operação denominada na linguagem da banca por descoberto bancário autorizado.

(Fonte: Diário Digital)

Isto é a Banca ou são Agiotas?
Onde pára a legislação para este desgoverno???

19 Comments:

Blogger O Chaparro said...

ainda vamos voltar ao tempo em que se guardava o dinheiro debaixo do colchão. vais ver. bjinho

29 agosto, 2006 17:32  
Blogger frog said...

Qual a diferença entre Banqueiros e Agiotas??...

mas o problema aí não é da banca mas de quem quer viver acima das suas posses....

29 agosto, 2006 17:33  
Blogger Inha said...

Eu já guardo, Chaparro. A minha conta bancária já só serve para me transferirem o ordenado, pagar e água, a luz e o telemóvel. Nem mais népias!;)E para revantar o salário, como é obvio. Vão roubar à quinta pata!!!:(

BeijInha

29 agosto, 2006 17:37  
Blogger Inha said...

Agora nenhuma, Frog. Até porque as pessoas quando querem contas ordenado, assinam contratos onde as condições estão estipuladas entre a banca e o consumidor de crédito, mais barato do que qualquer noutro consumo, até porque a banca usufrui de direinho à ordem sem pagar um tostão de juros sobre ele. Agora levar taxas acima (o dobro) das contratuais é crime.
É um facto que há gente a viver muito acima das suas posses, mas não creio que fosse só pela conta ordenado, que até é basicamente pedida por assalariados até aos 800/1000 € mensais, mas porque se espalham ao comprido com outros tipos de crédito ao consumo: carritos topo de gama, cartões gold e outras mordomias destinados a engordar restaurantes, boutiques caras e perfumarias, crédito para férias, material informático e electrodomésticos de luxo, etc... uma panóplia de pequenas coisas que fazem o dia a dia duma certa classe tuga.
Não vamos é confundir esta gente com um tipo que ganha 600 € por mês e lhe sobra normalmente meio mês para lá dos 600€.
Creio que se os salários estivessem ao nível dos espanhóes, por exemplo, o recurso a contas ordenado que é por sistema utilizado por pessoas com baixos recursos económicos, não faria grande sentido, salvo em raras excepções.
Uma coisa é certa: a maralha consumista que frisei acima será sempre consumista, mas isto é uma questão de mentalidade.
Não dá é a entidade nenhuma o direito de roubar. Tão pouco me misturar uns "clientes" com os outros.

BeijInha

29 agosto, 2006 17:53  
Blogger frog said...

Concordo....mas o problema principal é o marketing agressivo e enganador dos Bancos que fogem às normas éticas definidas por lei...tipo quer 1000 € amanhã na sua conta...é só telefonar...nem se incomode a vir cá... claro que a maioria das pessoas foi embarcando nestes esquemas e agora é obrigado a pedir empréstimos só para pagar os juros...é uma roda livre...claro que as pessoas que embarcam nestes esquemas são, por norma, as "mais pobres de espírito" que têem ambição a ter um "espírito rico"...


Uma grande "prosa" paga-se com outra...ehehehee....

29 agosto, 2006 18:08  
Anonymous fresquinha said...

Os bancos são um negócio ... vivem de juros, essencialmente. Senão não sobreviviam. Têm é prazo alargados relativamente a agiotas, e teem formas de recuperação mais lícitas. Só cai quem quer. Aliàs, convem hoje em dia negociar com bancos. Ao colocares o teu dinheiro num banco, negocia. Se eles não quiserem, há outros bancos. O problema é a pessoa pensar que há normas rígidas e inflexíveis. Coisa que muita gente não sabe.
PS Sem querer defender os métodos utilizados por bancos, como sobrevive um banco ? Donde lhe vem o capital realizado ? O lucro ?

29 agosto, 2006 22:10  
Blogger Pseudo said...

Se as pessoas não tivéssem mais olhos que barriga, não seria necessária legislação. Ah bendito colchão!
Por acaso também me faz impressão o á-vontade com que muita gentinha recorre à Banca...e a falta de vergonha, também.

30 agosto, 2006 00:54  
Blogger Inha said...

Bons dias!:)

Frog, estás marcado!:P

lolllllll

30 agosto, 2006 10:59  
Blogger Inha said...

Fresquinha, a publicidade nos canais DO ESTADO não deveria ser proibida? (pergunta inocente)

30 agosto, 2006 11:00  
Blogger Inha said...

Pseudo, é por isso que vale a pena investir num colchão de boa qualidade, melher.


(mas não só necessariamente). Bem regressada, já cá fazias falta!:D)))))

30 agosto, 2006 11:04  
Blogger ivamarle said...

a empresa onde trabalhava obrigou-me a abrir a conta ordenado no (ainda)BPSM, actual Millennium, pois era onde depositavam os vencimentos; nunca utilizei o valor a crédito, como sabia dessa situação, optava sempre por utilizar o Visa, com a opção de pagamento a 100%, que fica muito mais barato...

30 agosto, 2006 12:04  
Blogger luikki said...

os governos são marionetas do poder financeiro!
só por isso é que o rectângulo está no estado em que está....

ivamarle:
nenhuma empresa pode obrigar a abrir uma conta num determinado banco...
podem depositar os vencimentos onde quiserem...
e ordenam a transferência para o banco onde o trabalhador tem conta...

30 agosto, 2006 13:00  
Anonymous fresquinha said...

Lá inocente não deve ser, Inha, vindo de ti ...:-) Então, os bancos também comem !!!! Nunca se morde na mão de quem nos dá de comer.

30 agosto, 2006 15:37  
Blogger kimikkal said...

Mais uma vez os Bancos a roubarem o Zé Povinho, mas cai quem quer, ninguém obriga os clientes a subscrever.

Contas-ordenado, Cartões de crédito and so on são instrumentos que devem ser manuseados pelos clientes com muito cuidado, coisa que nem todos conseguem.

Afinal, se os bancos oferecem esses serviços é em proveito próprio (juros) e não dos clientes...

Pessoalmente recusei sempre a Conta-Ordenado e o cartão de crédito só é vantajoso quando o pagamento é feito a 100%.

Aliás, a propósito de conta-ordenado lembrei-me agora de uma boa:

Certa vez fui ao Banco e o meu Gestor de Conta tentou "à força toda" que subscrevesse uma conta-ordenado, dizendo que trazia muitas vantagens.

A minha resposta:

"Meu caro, compreendo que você esteja a tentar vender-me este produto para ganhar a sua comissão, mas mentalize-se disto: EU SÓ COMPRO AQUILO QUE EU QUERO COMPRAR E NÃO O QUE VOCÊ QUER VENDER, percebeu? E neste momento não quero, não preciso, nem me interessa uma conta-ordenado..."

Não devemos chamá-los Agiotas na rua e dentro do Banco fazer-lhes as vontades todas...

E acima de tudo: "NUNCA SUBSCREVER ALGO LOGO NA HORA!"

Devemos levar para casa, analisar, pedir a opinião de outras pessoas e só depois dar o "Sim".

30 agosto, 2006 17:01  
Blogger Inha said...

Boas tardes, meninos!


Iva e Luikki, muitas empresas aqui no norte faziam isso pois iam buscar n regalias junto dos gestores de conta. Era uma borga.;)

30 agosto, 2006 17:42  
Blogger Inha said...

Ai Fresquinha que tu já me conheces...:D)))

30 agosto, 2006 17:43  
Blogger Inha said...

Kimi,

"Não devemos chamá-los Agiotas na rua e dentro do Banco fazer-lhes as vontades todas..."

bem visto!:)

30 agosto, 2006 17:44  
Anonymous fresquinha said...

Bancos são empresas. Quem lá vai, tem todo interesse em negociar. Vendem produtos, em determinadas condições. Quem quer compra, quem não quer vai a outro lado. É isto que as pessoas não entendem. Fazem publicidade, claro. De que outra maneira promoveriam os seus produtos ? Têem lucro, têm. E ainda bem. Bancos não são Santa casa da Misericórdia. Nem nós.

31 agosto, 2006 03:19  
Blogger quel said...

PRECISO FALAR URGENTE COM UM AGIOTA OU (OUTRO NOME QUE LHE DEREM :)))))) . ESTOU EM PORTUGAL ( PORTO) BJS

12 setembro, 2006 12:27  

Enviar um comentário

<< Home