agosto 24, 2006














A FESTA DO PITO PRETO
(ou Banho Santo)

Hoje, 24 de Agosto do Ano da Graça de 2006 anda o Cão à solta na freguesia de S. Bartolomeu do Mar, concelho de Esposende.
A efeméride remonta há, pelo menos, 500 anos a esta data e prende-se com as celebrações em honra do apóstolo Bartolomeu, santo mártir, que sendo esfolado vivo e depois decapitado, tem desde então o Bicho à sua guarda, que recolhe após o anoitecer.
O ritual aqui praticado em homenagem ao santo mártir é um misto de bruxaria e de trágico como se passa a descrever.
Primeiramente as crianças dirigem-se à igreja acompanhadas pelos pais, carregando no colo um frango preto para ofertar ao santo pelas "graças" que irão receber.
A criança terá de passar com o frango debaixo do braço sob o andor do santo, sendo-lhe depois colocada, em cima da cabeça, uma imagem do santo. Seguidamente dá três voltas à capela, (sempre com o pito debaixo do braço), pelo que, cumprida esta formalidade, o animal passa a fazer parte integrante da capoeira da fábrica-igreja do Dito. Até aqui a história é simplesmente hilariante.
É dado então o início a um verdadeiro filme de terror. Para quem nunca assistiu, é episódio para matar de riso as pedras da calçada. Para quem assistiu é episódio para tirar do sério qualquer alma do tampo do "paz e amor, bicho", porque a violência da situação a par do riso animalesco e cúmplice dos adultos, não tem conta nem medida.
A criança, de qualquer idade, não lhes é relevante, é agarrada por uma besta que se intitula "o banheiro" que literalmente a afoga num número de ondas ímpar, independentemente se está aterrorizada ou não, também não para aqui relevante, a fim do petiz perder o medo, gaguez, epilepsia, e todas as outras maleitas enviadas pelo Demo.
Isto tinha muita piada se fossemos todos adultos e resolvessemos afogar-nos uns aos outros. Era capaz de ser uma "party" interessante. Até podia meter o Cão e tudo, que ele há taras para todos os gostos.
Com criancinhas pequenas, à mercê das paranóias e da ignorância estúpida dos adultos, não tem mesmo graça nenhuma.
A julgar pelas fotos




















(Trabalhos fotográficos executados por Alberto Monteiro, cinco primeiras da série de sete fotos, e Daniel Navarro as duas últimas fotos). Parabéns a ambos.

(O nosso galo, que tão brilhantemente posou para a foto, foi patrocinado pela Ayrshire Farm (sim, que isto é um pito estrangeiro, ora essa, é um Sir, ou pensavam que se tratava dum reles galináceo português???)

Ah, não sei se é importante, mas para que isto não fique incompleto, não é de mais acrescentar que esta tourada termina com os tacho de arroz de frango e panados, mais o garrafão do verde tinto e doces da roulotte.

29 Comments:

Blogger frog said...

até que enfim!!! está desvendado o mistério!!!!...volta-se à realidade da coisa...acaba-se a imaginação!!

24 agosto, 2006 11:43  
Blogger Kaos said...

Gosto principalmente da ultima imagem onde a "Tia Xica" parece estar a fazer as usas necessidades fisiológicas. Ou isso ou está a olhar para algum preservativo que por ali ande a boiar como testemunha da festa do "pito" da noite anterior
bjos

24 agosto, 2006 11:52  
Blogger marcox said...

não há demo que resista! hehe

24 agosto, 2006 13:47  
Blogger ivamarle said...

a cada ano que vejo estas imagens, fica sempre a sensação de revolta. Não consigo conceber que estas crendices ainda se sobreponham a um mínimo de civilidade e respeito pelas crianças. É como dizes: se fosse com adultos, a fazer "amonas" ou algo no género, até poderia dar para rir...

24 agosto, 2006 15:19  
Blogger Eu said...

"Seguidamente dá três voltas à capela, (sempre com o pito debaixo do braço),..." isto, minha amiguINHA, é o kamasutra ao serviço da festança pseudo-religiosa!

qto às fotos das crinacinhas, Eu prefiro nem comentar (vou mas é olhar para a de ontem, e imaginar umafranga daquelas a ser afundada...)

:P

24 agosto, 2006 16:20  
Blogger Inha said...

boas tardes a todos!:)


lollllllll, Kaos, bem vista essa!!! A minha frequência pelas praias durante Julho e Agosto é tão escassa que nem me lembrava disso...:D))))
5*

BeijInhas

24 agosto, 2006 16:40  
Blogger Inha said...

Frog, a festa de ontem tinha sem dúvida muito mais piada, não tinha?;)

24 agosto, 2006 16:42  
Blogger Inha said...

Nem paciência que resista, Marcox!;)

24 agosto, 2006 16:45  
Blogger Inha said...

Iva, acabas de empregar uma expressão interessante "amonas". Já entre os pequenotes se pode tornar aflitivo, imagine-se a violência que é um adulto sem os parafusos todos a fazer isto a uma criança!!!;)

24 agosto, 2006 16:50  
Blogger Inha said...

Eu(?), compreendo-te...:D)))))

24 agosto, 2006 16:51  
Anonymous fresquinha said...

Essa é outra história ..mandei-te um pito preto de verdade !

24 agosto, 2006 17:20  
Blogger Mac Adriano said...

É a tradição, dizem... Neste país, tudo vale quando se faz em nome da tradição. Mas, cá para mim - e desculpe-se-me a franqueza - era uma bela festa do pito preto era com as onze donzelas da postagem de ontem. Essas são adultas, se entrassem na festa era de livre vontade. Ou não é assim que deve ser?

24 agosto, 2006 23:34  
Anonymous fresquinha said...

A comezaina é que ía ! Mas ... pergunta-se : Arroz de cabidela ????

25 agosto, 2006 02:33  
Blogger Arrebenta said...

QUANDO É QUE A INHA VOLTA A ESCREVER NO "BRAGANZA MOTHERS"?... É QUE ESTAMOS EM PLENO AUMENTO DE CAPITAL...

25 agosto, 2006 02:59  
Blogger Ivo said...

Eh eh eh... Até que enfim que o pessoal sabe o que é!! :D

Mai nada.... Eu cá num sei não!!

BeijINHAs!!

25 agosto, 2006 09:55  
Blogger Inha said...

Bons dias a todos!:)

Frescalhota, eu vi!lollllllllllllll

25 agosto, 2006 10:19  
Blogger Inha said...

Mac, absolutamente de acordo. Até o Cão se lhe apetecesse...;)

25 agosto, 2006 10:23  
Blogger Inha said...

Fresquinha, o que te apetecer...;)
E umas papas de sarrabulho também não marchavam?lollllll

25 agosto, 2006 10:35  
Blogger Inha said...

Arrebenta não imagina como o seu comentário e o seu convite me deixam lisonjeada. Vou fazer isso, sim. Muito obrigada, meu amigo, pela consideração que tem tido para comigo.

Uma beijInha muito grande para si.

F.

25 agosto, 2006 10:40  
Blogger Inha said...

Ivo, a parte do pito é das coisas mais engraçadas que possas imaginar. Até porque o galo é um animal guerreiro por natureza, agora imagina um galo que se solte completamente "assanhado" às bicadas ao pessoal...:D))))) Abençoado galo!!!:D))))
Agora o resto da história é que era perfeitamnete dispensável. Muitas destas crianças não voltarão a aproximar-se do mar durante vários anos. Que tristeza...:(


BeijInhas Gorduchas

25 agosto, 2006 10:45  
Anonymous fresquinha said...

Não...ainda tenho os dentes todos ... :-)

25 agosto, 2006 14:55  
Anonymous fresquinha said...

Eu penso que estas criaturas dos banheiros, não são mais nem menos, que as crianças que quase afogaram outrora nestes rituais bárbaros que nos apresentas. Pena é que o tempo não ensine nada a tanta gente ...

25 agosto, 2006 18:33  
Anonymous fresquinha said...

Podias chamar-lhe "A revolta do Banheiro" e deixar o galo ir às galinhas ...

25 agosto, 2006 18:35  
Blogger Inha said...

Também estou de acordo contigo nesse aspecto, deve ser muito recalcamento junto. É como a história das praxes estúpidas.

25 agosto, 2006 18:47  
Blogger Inha said...

E tu se calhar pensavas que a capoeira da Confraria não tinha galinhas à espera? Só galos lá dentro era uma guerra civil, mulher!!!:D)))))

25 agosto, 2006 18:50  
Anonymous fresquinha said...

Imaginei que sim, Inha ... Senão onde estava o prazer nesta história toda ???

26 agosto, 2006 19:20  
Anonymous Filipe Pinho said...

Bem, nem sei por onde começar. A Inha fez uma boa pesquisa só lhe falta morar lá e perceber o que envolve essa romaria. Quanto às crianças furarem as ondas em numero impar naquela água gelada, sim, é sacrificio. Também é certo que quem fez a romaria nunca sofreu de epilepsia, gagues e afins (será mesmo verdade que o banho é mesmo santo?). Mas virem agora dizer que as crianças não voltam, estão errados. Voltam com os pais mas já são capazes de não ir ao banho santo porque o fizeram no ano passado... Voltam jovens e com os amigos, para acamparem de 23 para 24 e são capazes de ir ao banho depois de uma noitada... Voltam casados e com filhos porque é tradição para eles...
Mais, antigamente era terra do pito preto. Hoje em dia já não somos racistas e aceitamos pitos de varias cores.
O filme de terror só é feito por um mau realizador para impressionar uma plateia. Convido a plateia que veja ao vivo em vez de acreditar em palavras com hiperboles de escritor.
Quanto ao banheiro, sou contra. Isso foi recentemente introduzido e serve só para ele ganhar uns trocos. Como ele viu que já ninguem acreditava nele agora já benze a criança para dar mais credibilidade.
Mas não nos fiquemos pelas crianças das fotos. Há aquelas que vão de espontânea vontade. Há os adultos que vão.
Por outras palavras, este post deveria ser "baseado em factos veridicos". Mas não é a realidade.
Por acaso alguém sabia que o banho santo chegou a ser na fonte em frente a Igreja Velha? Alguém reparou que estas fotos não são actuais?

31 agosto, 2006 12:53  
Anonymous fresquinha said...

Eu reparei mas o facto de não serem não desvirtua uma realidade no tempo.E se há crianças que vão de livre vontade, outras há .... é só ver o horror espelhado no rosto daquelas crianças... O facto de ter sido realizado numa fonte em frente a uma igreja, não lhe confere nenhuma legitimidade. Dentro das igrejas fizeram-se coisas bem piores ... E por último, se ninguém que lá vá sofre de epilepsia, e outros afins, ficará a sofrer, não ? Ou não haverão sequelas ? É preciso morar lá ?

01 setembro, 2006 12:21  
Blogger Daniel said...

Hola!!!La primera y la ultima son fotos mias.:)
Saludos
Daniel Navarro

06 janeiro, 2008 13:23  

Enviar um comentário

<< Home