agosto 21, 2006





















SOMOS AÉREOS


ElAl voa
pelos céus da Terra Santa
corta o mundo para além
dos preconceitos
deixando para trás
a Palestina

Nossa companhia se parece
com a ElAl
seria como um sonho
em meio às nuvens
[ou um lindo projeto
de menina]
ElAl voa carregando
a multidão
nunca descartando
a existência de uma bomba
fazendo muito rígida
inspeção
E tu voas
carregando no teu peito
somente um
arte-fato de mulher
[um coração]

E com ele o simples fato
de a terra palestina
parecer
brincadeira de menina

[e o teu peito
parecer uma explosão]

(Eliana Mora)
(Foto: Paulo Mahder, in Wave of Mercy)

8 Comments:

Blogger Joca said...

Um poema forte de uma realidade que nos invade todos os dias...

Um beijo de boa semana.

21 agosto, 2006 18:32  
Blogger ivamarle said...

um poema vivido, que nós lemos com a mesma leviandade com que nos confrontamos com as notícias nos media, infelizmente...

21 agosto, 2006 20:48  
Blogger Inha said...

Bons dias!:)

Obrigada, Joca, igualmente para ti.


BeijInha Grande

22 agosto, 2006 10:03  
Blogger Inha said...

E continuaremos Iva. Há coisas que parecem não ter fim...;)

22 agosto, 2006 10:04  
Blogger O Chaparro said...

oi. vim desejar te uma boa semana. bjos

22 agosto, 2006 10:54  
Blogger Inha said...

Obrigada, Chaparro, és um darling.

para ti também.

BeijInha grande

22 agosto, 2006 11:13  
Blogger kimikkal said...

Brilhante: Como juntar duas coisas improváveis de se encontrar num mesmo poema. Gostei!

22 agosto, 2006 16:00  
Blogger Inha said...

Obrigada, Kimi!Chuaack

22 agosto, 2006 17:22  

Enviar um comentário

<< Home