julho 10, 2007



A LIBERDADE GUIANDO O POVO

"O homem é um animal sociável que detesta os seus semelhantes."

(Eugène Delacroix)

26 Comments:

Blogger fresquinha said...

Destestas-me ? As baboseiras que se disseram por aí. Eu se dissesse uma coisa destas, mandavam-me dar uma volta ao bilhar grande.

10 julho, 2007 14:42  
Blogger sr_antonio said...

... e isso normalmente provoca conflitos, ou não?! 8/ ehehehe

Peixinhos

10 julho, 2007 15:05  
Blogger Inha said...

Fresquinha, vou responder à tua pergunta e fica já resposta dada a quem me puser esta questão nesses termos: eu não tenho tempo nem pachorra para detestar ninguém. O meu tempo é precioso e passa muito depressa para eu desperdiçá-lo dessa forma.

Eu acho que o homem está coberto de razão. Pelo menos pela maioria do que me é dado a apreciar.

;)

10 julho, 2007 15:14  
Blogger Inha said...

Sr. António, a citação e a tela são do mesmo autor, palavras para quê.


BeijInhas

10 julho, 2007 15:24  
Blogger pisconight said...

É verdade Inha e quanto mais conhece os animais, mais gosta deles...
;)

10 julho, 2007 15:24  
Blogger Fallen Angel said...

Os anjos também, é curioso... detesto aquela canalha... ;-)

10 julho, 2007 15:27  
Blogger fresquinha said...

Inha,

Eu acho - e disseste muito bem - que o mundo não tem pachorra para detestar o seu semlehante. Porque se o tivesse feito, já só cá andavam as andorinhas. Tenho uma visão muito optimista da coisa. Acho que é moda dizer-se que nos detestamos. Que nos destruímos, sim. Mas não é porque detestamos. É pelo Poder. O poder e o domínio dos outros. Sem ódios, mas muita competição. Infelizmente. Digo eu ...

10 julho, 2007 15:45  
Blogger fresquinha said...

Não consigo dissociar o amor do ódio, o sim de um não, o branco do preto. Eles ligam-se para que um dê lugar ao outro.

10 julho, 2007 15:50  
Blogger Inha said...

Pisco, e até com os animais o homem tem problemas, a ver pela forma como os trata!!!;)

10 julho, 2007 15:54  
Blogger Inha said...

És un enfant terrible, Angel. Mas eu gosto de anjos.

;)))*

10 julho, 2007 15:58  
Blogger Inha said...

Fresquinha, não tenhas dúvida. Agora "detesta-se" por qualquer motivo.
Eu interpreto este "detestar" do Delacroix por "ódio". E o mais terrível é que o homem não só mata pelo poder, como mata por prazer.;)

10 julho, 2007 16:09  
Blogger fresquinha said...

Rorty dizia(uma vez que eu não anda inspirada, é mais expirada ...) :

Minha noção de sagrado se prende à esperança de que, em algum dia distante, nossos descendentes viverão numa civilização global em que o amor será a única lei".

Let's hope !

10 julho, 2007 16:11  
Blogger Inha said...

Fresquinha, o Bem e o Mal são reversos da mesma medalha.

10 julho, 2007 16:22  
Blogger Inha said...

Fresquinha, um dos livros que tenho em mira técnica quando acabar de ler o "Adeus minha concubina" é o "Admirável Mundo Novo" de Aldous Huxley.

Eu faço parte da geração de doidos qua ainda acredita nisso.

;)

10 julho, 2007 16:25  
Blogger fresquinha said...

Foi o meu livro de cabeceira da adolescência. Grande livro !

10 julho, 2007 20:36  
Blogger 1313 said...

cuidado, ler livros dá-nos a sensação de ser livres

10 julho, 2007 21:51  
Blogger Lúcia said...

é verdade.
o facto de nos pormos de pé não mudou o comportamento animal.

11 julho, 2007 15:10  
Blogger fresquinha said...

Se amamos, detestamos. Logo, amamos. E o homem é um animal, racional, mas animal. Esperar comportamentos diferentes daqueles que já temos, é querer a lua. Mas pode-se querer a lua. A propósito, já te inscreveste para ires a Marte ? :-)

11 julho, 2007 17:17  
Blogger marco said...

homem universal ou o homem macho!
e as mulheres? ahhh?
beijinho

11 julho, 2007 20:45  
Blogger Inha said...

1313, és certeiro no tiro, está visto!!!

;)*

12 julho, 2007 11:56  
Blogger Inha said...

Lucy, éramos mais inofensivos.;)

12 julho, 2007 11:57  
Blogger Inha said...

Fresquinha, inscrições para Marte?
Onde? Onde?

:D))))

12 julho, 2007 11:58  
Blogger Inha said...

O chamado "ser humano", Marco. Já ouviste falar?;)

BeijInhas

12 julho, 2007 11:59  
Blogger fresquinha said...

O Homem, Marco. Lapso meu. Sorry !

Nem sempre me apetece entrar na velha discusão homem vs mulher. Já cansa.

12 julho, 2007 17:20  
Blogger Montenegro said...

Uma coisa sei eu: se encontrasse alguem demasiado semelhante a mim, certamente que o detestaria. :P

Bjs.

12 julho, 2007 17:36  
Blogger fresquinha said...

Inha,

Se fosses lá à minha casota com frequência, tinhas visto um link para te inscreveres numa simulação a Marte... a instituição chama-se ESA. Vou ver se descubro. Bjs !

12 julho, 2007 17:53  

Enviar um comentário

<< Home